SOMOS DO CONTRA

Bem vindos a este espaço que se quer acima de tudo de contestação e de humor.
Dizer mal só por dizer.
Bater no ceguinho.
Deitar abaixo pelo prazer de deitar abaixo.
Da politica ao futebol, passando pela religião.
Não queremos e não vamos poupar ninguém.

Vamos então começar que se faz tarde...

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Cacareco

Mandaram-me isto por mail:
Em 1959 Brasil elegeu um rinoceronte como vereador!

Há eleições e eleições. Mas esta, apesar dos seus 50 anos, merece ser aqui contada! O facto aconteceu no Brasil em 1959. Getúlio Vargas havia morrido. O governador de São Paulo era Adhemar de Barros. O eleitorado estava revoltado com a Câmara Municipal que, para variar, não estava a comportar-se muito bem.
No meio de tudo isto, havia um rinoceronte chamado Cacareco, que, apesar do nome até era uma fêmea. O animal andava nas bocas do mundo porque o havia sido levado (emprestado) do zoológico do Rio de Janeiro para abrilhantar a inauguração do novo zoológico de São Paulo.
No meio de um mar de lama da Câmara Municipal, em pleno período eleitoral, o assunto era o rinoceronte. Então o jornalista Itaboraí Martins brincou com isso, lançando a candidatura de Cacareco ao cargo de vereador. E não é que a ideia pegou?
Naquela época, a eleição era na base do papel e do envelope. O eleitor recebia um envelope das mãos da pessoa que estava na mesa de voto e, dentro dele, colocava uma nota/papel do seu candidato, fosse ele quem fosse. Houve uma adesão gigantesca à candidatura de Cacareco e várias gráficas, por brincadeira, imprimiram notas/papeis com o nome do bicho. Inclusivamente muita gente foi para a rua fazer campanha em nome do rinoceronte.
O que aconteceu a seguir parece piada, mas Cacareco recebeu cerca de 100 mil votos!
Parece pouco diante do eleitorado de hoje, mas prestem atenção no resto dos números. O candidato mais votado naquela eleição não teve mais que 95 mil votos. Logo o rinoceronte Cacareco foi o vencedor!
Mas, o rinoceronte Cacareco nem pode comemorar. Pois, dois dias antes da eleição, o bicho foi devolvido para o zoo do Rio, sem muito alarido(e possivelmete em segredo), como um anarquista subversivo. Poucos anos depois, o rinoceronte vereador morreu prematuramente, antes de completar dez anos de idade.
O estrago, porém, já havia sido feito. Cacareco conseguiu inclusivamente aparecer nas páginas da revista americana Time, que citava um eleitor:

- É melhor eleger um rinoceronte do que um asno.

Sobre o facto na Wikipédia:

Rinoceronte Cacareco
Cacareco foi um rinoceronte do Zoológico de São Paulo que, nas eleições de Outubro de 1958 para vereador da cidade, ganhou cerca de 100 mil votos. À época, a eleição era realizada com cédulas de papel e os eleitores escreviam o nome de seu candidato de preferência.
Cacareco foi um dos mais famosos casos de voto nulo em massa da história da política brasileira, uma vez que se tornou o “candidato” mais votado do pleito: o partido mais votado não chegou a 95.000 votos.
Após o resultado das eleições, Stanislaw Ponte Preta comentou no jornal Última Hora que “diversos membros da cúpula do PSP andaram rondando a jaula de Cacareco, para o colocarem no lugar de Adhemar de Barros”. Já o então presidente Juscelino Kubitschek declarou: “Não sou intérprete de acontecimentos sociais e políticos. Aguardo as interpretações do próprio povo”.
A ideia de lançar o animal como candidato teria sido do jornalista Itaboraí Martins, em protesto contra o baixo nível dos outros 450 concorrentes. O fato se tornou notório e serviu como referência para várias análises de percentuais no voto nulo e dos chamados votos de protesto.

Agora pergunto eu:
Qual é a diferença entre eleger um rinoceronte para vereador ou um bando de orangotangos como se faz em Portugal de cada vez que há eleições?

Curtas

Uma mulher chega aflita ao ginecologista:
- Doutor, pode-se engravidar pelo coito anal?
- É claro que pode, minha senhora. De onde a senhora pensa que vêm os políticos?


No gabinete do ministro:
- Marca uma reunião com os ministros para sexta-feira - diz o ministro.
- Sexta-feira e com "s" ou com "x"? - pergunta a secretaria.
O ministro após pensar um pouco responde:
- Marca para quinta.


A mãe leva a filha à Assembleia da República.
Conforme entram a mãe diz-lhe:
- Agora tens que estar caladinha. Sabes porquê, não sabes?
- Sim, porque estão pessoas a dormir.


Um presidente de câmara do interior queria construir uma ponte e chamou três empreiteiros: um alemão, um americano e um português.
— Faço por três milhões de dólares — disse o alemão. — Um pela mão-de-obra, um pelo material e um para o meu lucro.
— Faço por seis milhões — propôs o americano. — Dois pela mão-de-obra, dois pelo material e dois para mim. Mas o serviço é de primeira.
— Faço por nove milhões — disse o português.
— Nove? — espantou-se o presidente — É de mais! Porquê?
— Três para mim, três para si e três para o alemão fazer a obra!
(lembrei-me desta ao ler o post da Diana)


O candidato a um cargo importante ficou muito irritado com as referências feitas a seu respeito por um jornal local. Irrompeu pela sala da redacção e exclamou:
— Sabem muito bem que tudo o que escreveram é mentira!
— Não tem razões de queixa — argumentou o chefe da redacção. — Imagine que nós dizíamos a verdade!


Depois de discursar, o político queixa-se à sua secretária:
- Caramba... Tinhas que me escrever um discurso tão longo? Já estava toda a gente a bocejar, e estava tudo de boca aberta, como se não estivessem a perceber nada...
- Eu até escrevi um discurso razoável... Cometi foi o erro de lhe entregar as três cópias...


Um sujeito vai visitar um amigo deputado e aproveita para lhe pedir um emprego para o filho, que tinha acabado de completar o décimo segundo ano.
— Eu tenho uma vaga de assessor, só que o ordenado não é muito bom...
— Quanto é, doutor?
— Pouco mais de dez mil euros.
— Dez mil? Mas é muito dinheiro para o garoto! Ele não vai saber o que fazer com tudo isso. Não tem vaga mais modesta?
— Só se for para trabalhar na Assembleia. Meio período. Estão a pagar cinco mil!
— Ainda é muito, doutor! Isso vai acabar por estragar o rapaz. O senhor não tem um emprego que pague uns mil ou até mil e duzentos euros?
— Ter, tenho. Mas aí é só por concurso e é para quem tem curso superior em Engenharia, Administração, Medicina, Economia, Direito ou Contabilidade, etc. E ainda tem de possuir bons conhecimentos em informática, além de inglês, francês e espanhol fluentes...


— Joana — disse o orgulhoso pai —, vou saber o que o nosso filho será quando for crescido... Observa...
Pôs, então, uma nota de cinquenta euros sobre a mesa, para representar a carreira bancária, ao lado colocou uma Bíblia, representando a carreira eclesiástica, e junto uma garrafa de uísque, para representar a vagabundagem. A seguir, esconderam-se num local donde pudessem ver os artigos que estavam em cima da mesa.
O garoto entrou na sala e observou os objectos arrumados sobre a mesa. Olhou à sua volta e viu que estava sozinho. Observou a nota contra a luz e folheou a Bíblia. Depois, olhou de novo à sua volta e, rapidamente, tirou a rolha da garrafa e cheirou o conteúdo. E, de um gesto, meteu a nota na algibeira, colocou a Bíblia debaixo do braço, apanhou a garrafa pelo gargalo e saiu apressadamente da sala, muito alegre.
— Meu Deus! — exclamou o pai. — Ele vai ser político!


- Uma pesquisa mostrou que 93% da população não acredita nos políticos.
- E os outros 7%?
- São políticos!

outra

O Sócrates, sentindo que os seus subordinados não respeitavam a sua liderança, resolveu colocar uma placa na porta do seu escritório onde se lia:

"Aqui quem manda sou eu"

Após ter voltado de uma reunião, viu o seguinte bilhete junto à placa:


"A Fernanda Câncio ligou e pede para que devolva a placa"

É verdade

A maioria dos políticos portugueses são católicos praticantes.
Nunca assinam nada sem terem um terço na mão."

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

O Palhaço

O texto é do Mário Crespo...
Já não é a primeira vez que pomos aqui um artigo de opinião deste senhor. Mas mais uma vez ele pôs o dedo na ferida e só posso dizer que concordo em tudo com ele.


O palhaço

O palhaço compra empresas de alta tecnologia em Puerto Rico por milhões, vende-as em Marrocos por uma caixa de robalos e fica com o troco. E diz que não fez nada. O palhaço compra acções não cotadas e num ano consegue que rendam 147,5 por cento. E acha bem.
O palhaço escuta as conversas dos outros e diz que está a ser escutado. O palhaço é um mentiroso. O palhaço quer sempre maiorias. Absolutas. O palhaço é absoluto. O palhaço é quem nos faz abster. Ou votar em branco. Ou escrever no boletim de voto que não gostamos de palhaços. O palhaço coloca notícias nos jornais. O palhaço torna-nos descrentes. Um palhaço é igual a outro palhaço. E a outro. E são iguais entre si. O palhaço mete medo. Porque está em todo o lado. E ataca sempre que pode. E ataca sempre que o mandam. Sempre às escondidas. Seja a dar pontapés nas costas de agricultores de milho transgénico seja a desviar as atenções para os ruídos de fundo. Seja a instaurar processos. Seja a arquivar processos. Porque o palhaço é só ruído de fundo. Pagam-lhe para ser isso com fundos públicos. E ele vende-se por isso. Por qualquer preço. O palhaço é cobarde. É um cobarde impiedoso. É sempre desalmado quando espuma ofensas ou quando tapa a cara e ataca agricultores. Depois diz que não fez nada. Ou pede desculpa. O palhaço não tem vergonha. O palhaço está em comissões que tiram conclusões. Depois diz que não concluiu. E esconde-se atrás dos outros vociferando insultos. O palhaço porta-se como um labrego no Parlamento, como um boçal nos conselhos de administração e é grosseiro nas entrevistas. O palhaço está nas escolas a ensinar palhaçadas. E nos tribunais. Também. O palhaço não tem género. Por isso, para ele, o género não conta. Tem o género que o mandam ter. Ou que lhe convém. Por isso pode casar com qualquer género. E fingir que tem género. Ou que não o tem. O palhaço faz mal orçamentos. E depois rectifica-os. E diz que não dá dinheiro para desvarios. E depois dá. Porque o mandaram dar. E o palhaço cumpre. E o palhaço nacionaliza bancos e fica com o dinheiro dos depositantes. Mas deixa depositantes na rua. Sem dinheiro. A fazerem figura de palhaços pobres. O palhaço rouba. Dinheiro público. E quando se vê que roubou, quer que se diga que não roubou. Quer que se finja que não se viu nada.
Depois diz que quem viu o insulta. Porque viu o que não devia ver.
O palhaço é ruído de fundo que há-de acabar como todo o mal. Mas antes ainda vai viabilizar orçamentos e centros comerciais em cima de reservas da natureza, ocupar bancos e construir comboios que ninguém quer. Vai destruir estádios que construiu e que afinal ninguém queria. E vai fazer muito barulho com as suas pandeiretas digitais saracoteando-se em palhaçadas por comissões parlamentares, comarcas, ordens, jornais, gabinetes e presidências, conselhos e igrejas, escolas e asilos, roubando e violando porque acha que o pode fazer. Porque acha que é regimental e normal agredir violar e roubar.
E com isto o palhaço tem vindo a crescer e a ocupar espaço e a perder cada vez mais vergonha. O palhaço é inimputável. Porque não lhe tem acontecido nada desde que conseguiu uma passagem administrativa ou aprendeu o inglês dos técnicos e se tornou político. Este é o país do palhaço. Nós é que estamos a mais. E continuaremos a mais enquanto o deixarmos cá estar. A escolha é simples.
Ou nós, ou o palhaço.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

A este saltou-lhe a tampa...

Não sei quem escreveu isto mas não deixa de ser verdade...


Justo é o CARALHO.

Parece que o Primeiro Ministro terá dito que desta vez os sacrifícios serão distribuídos de forma mais justa. Justa é o CARALHO!!!!

São 23 horas, cheguei agora a casa e trabalhei hoje doze horas. O meu filho já esta a dormir. Este ano já paguei em impostos e multas dezenas de milhares de euros, todos os
meses pago um balúrdio de TSU, tenho custos financeiros indescritíveis por causa da forma como é cobrado o IVA, pago o PEC sobre um rendimento que pode não acontecer e este filho da puta vem-me dizer que os sacrifícios serão distribuídos de forma mais justa???

O CARALHO!!!!!

Tenho semanas durante o ano em que trabalho 20 horas por dia, este fim de semana não sabia sequer que dia era, no dia da greve de uma chusma de paneleiros andei na estrada a pagar portagens e a trabalhar para poder pagar impostos, comecei numa puta duma garagem sozinho e dei trabalho a uma carrada de gente a quem pago o IRS, a Segurança Social, Seguros de Trabalho e todas as taxas que o estado me exige, não negoceio salários brutos, por isso que vão para o CARALHO com as contribuições dos trabalhadores, pago salários decentes e recuso-me a pagar o salário mínimo seja quem for, investi e perdi, arranjei-me, voltei a investir e falhei de novo, recuperei e investi de novo e consegui.

E estes paneleiros do CARALHO vêm agora dizer-me que os sacrifícios são distribuídos de forma justa???; e ainda por cima querem casar uns com os outros !!! como o Guterres que fodeu o pais todo com o rendimento mínimo garantido, a pior opção económica de sempre, nem sabem sequer o que é não dormir, desesperar, cair e levantar sem pedir um tostão que seja ao filho da puta do Estado?! Nem subsidio de desemprego nem o CARALHO?! E tenho que ouvir todos os dias as queixinhas dos funcionários, dos professores com horário zero (!), dos funcionários dos correios, dos anacletos e afins, que fujo ao fisco, que exploro os trabalhadores, que tenho que pagar
mais impostos, que sou um parasita?!

Já paguei todos os impostos de facturas que até agora não consegui cobrar (IVA e IRC), paguei IRC sobre stocks que não sei se algum dia conseguirei vender e os sacrifícios são distribuídos de forma justa?! Justo é o CARALHO.

Os 2000 funcionários da CM de Portimão trabalham das 9h às 15h com intervalo para almoço e de caminho a mesma CM gasta o nosso dinheiro em foguetes, almoços, festivais de aviões e de motas de água. etc e depois entrega e paga serviços a empresas privadas; Decidiram mudar a escada da parte velha, fecharam-na, derrubaram a antiga e colocaram a estrutura em metal, e após quinze dias retiraram a mesma estrutura e colocaram-na em madeira! E ainda queriam fazer um elevador até à praia!!! E eu pago. Num qualquer Instituto mais de 50 chulos tratam de 9(!) putos. E eu pago.
Substituem administradores pagando indemnizações, contratam o Fernando Gomes e o Nuno Cardoso(!!!!). E eu pago. Inventam Institutos e Fundações. E eu pago. Inventam as SCUTS. E eu pago. O PEC. E eu pago. O Presidente apela ao patriotismo. E eu pago.

Sr. Presidente, com todo o respeito que me merece: Vá-se foder!, você e os camaradas no avião fretado para irem passear para a China.

A CM de Paredes de Coura faz Parques de estacionamento sem trânsito. E eu pago. O anacleto Sá Fernandes rebenta com o CARALHO do orçamento da CM de Lisboa. E eu pago. O Sócrates vai á bola de avião Falcon da Força Aérea. E eu pago. Sacrifícios???!! De quem, CARALHO?! Prestam-me um serviço de merda na saúde, a educação é tão miserável que sou obrigado a por o meu puto num colégio privado, nem me atrevo a cobrar dividas em Tribunal devido à miséria que é a Justiça. E pago. Preciso de uma puta de uma cirurgia e tenho dezasseis mil pessoas em lista de espera, pelo que se não tivesse um seguro de saúde estaria como milhares de desgraçados que se calhar já morreram. E eu e eles pagamos. Os sacrifícios são distribuídos de forma justa?

Como, CARALHO?!

E aquela esfinge paneleira de óculos que preside ao Banco de Portugal, que ganha mais que o secretário do tesouro dos E.U.A., está à espera de colectar mais 0,03% do PIB com o aumento do IVA? Pois tenho uma pequenina novidade para o reconhecido génio. Talhos, advogados, lares, lojas de moveis e outros pequenos negócios que conheço já têm a contabilidade e pagam impostos em Espanha e eu, assim seja possível, no ano da graça de 2010 pagarei todo o IVA, IRC e contribuições em Vigo. A chulice destes filhos da puta que vá cobrar ao CARALHO!!! E quero que se foda a solidariedade e a conversa de merda porque não me sai do corpo para o dar a chulos. Por alma de quem? Mais Justo??!! ' E mais, passo a meter gasolina , gásoleo e gaz em Espanha.
Pois é meus amigos, Justo é o CARALHO QUE OS FODA!!!!!!!!!!!
mais ao Vara e aos sucateiros que nos fodem a nós



Só nos faltava este filho da puta para completar o baralho dos gate: Diplomagate; universidadegate, casasgate, CovadaBeiragate, relatóriogate, sobreirogate, freeportgate, etc, etc, mais este Varagate... realmente é demais

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

NÃO SEI DE QUEM É A FRASE, MAS QUE É BOA...AH! ISSO É......

"O governo do PS compõe-se de dois grupos: um formado por gente totalmente incapaz, e outro por gente capaz de tudo."

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Carta ao Pai Natal

QUERIDO PAI NATAL!

ESTE ANO LEVOU O MEU CANTOR E DANÇARINO PREFERIDO, MICHAEL JACKSON, O MEU ACTOR PREFERIDO PATRICK SWAYZE E A MINHA ACTRIZ PREFERIDA FARRAH FAWCETT...

QUERO LEMBRÁ-LO QUE O MEU POLÍTICO PREFERIDO É O JOSÉ SÓCRATES.

Segredos da politica

Como se faz um autarca:
- 1 dose de falta de carácter
- 1 dose de ganância
- 1 dose de mentira
- Euros qb
- 1 pitada de merda

Obs.: Não exagerar na merda, senão sai um ministro socialista !

duas piadas (uma pró Socrates e uma pró Alberto Joao)

Primeiro pró Sócrates:

FAXISMO:

REGIME POLÍTICO NO QUAL É POSSÍVEL OBTER UMA LICENCIATURA POR FAX.

Depois pró Alberto João:

Um madeirense, na véspera da noite de núpcias do filho diz-lhe:
- Filho, amanhã tens que mostrar aquilo que vales!
Pegas na tua esposa nos braços, porque um madeirense é forte; deita-a na cama com jeitinho, porque um madeirense é carinhoso; despe-te em frente dela, porque um madeirense é bonito... e... e, pronto.
Os finalmente já tu sabes!

No dia seguinte, pergunta-lhe o pai:
- Então filho fizeste tudo o que te disse?
Responde o filho:
- Sim pai, todinho! Peguei nela, porque um madeirense é forte; deitei-a na cama com jeitinho, porque um madeirense é carinhoso; despi-me em frente dela, porque um madeirense é bonito...
Pergunta o pai entusiasmado:
- E...? E...?
Responde o filho:
- Então?... Olha... "bati uma", porque um madeirense é autónomo e independente!!!

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Futebois

E o meu Sporting lá ganhou um joguito para a liga... há muito tempo que não sabia o que era essa alegria.
Agora gostava de partilhar com vocês aquele que eu considero os melhores golos da jornada.
OK podem não ter tido uma execução tão brilhante como o golo do Saviola contra a Académica... reconheço que esse foi um golo bem feito... mas numa apertada votação estes foram considerados os melhores golos da jornada (só eu é que votei mas isso não vem ao caso)

1.º Moisés do SC Braga no Leixões 1 - SC Braga 1
(a verdade é que uma equipa que marca o dobro de golos do adversário e não ganha o jogo é algo que até hoje não consegui perceber)



2.º Liedson do Sporting (o segundo golo do jogo e do Levezinho) no Vitória de Setúbal 0 - Sporting 2
(o que é que passou na cabeça do Paulo Santos ao oferecer uma bola daquelas ao Liedson?)



Na verdade foi uma jornada com golos "estranhos"... venham mais que é para a gente se esquecer das outras misérias do nosso futebol...

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Noticias em português

Já todos vimos naquelas notícias que passam em rodapé nos noticiários da televisão erros grosseiros (desde erros ortográficos [paíz em vez de país ainda esta semana creio que na SIC)ou a utilização de palavras sem saberem o que quer realmente dizer [a TVI andou durante uma semana a anunciar o lançamento do álbum homologo de uma banda(em vez de homonimo)] entre outras preciosidades).
Era de esperar que os jornais e sites de informação fossem mais cuidadosos mas nem por isso. Ora apreciem lá estes exemplos:




Se a vitima fosse... sei lá, marroquino tinha tido um traumatismo marroquino?

Vão ressuscitar o homem para o tornarem a matar!!! Isso é além de tudo mais uma crueldade intolerável...





Mas afinal o homem morreu ou está livre de perigo - se calhar é livre do perigo de ressuscitar para repetirem o homicídio

Gosto destes empates 0 a 1 principalmente quando dão o empate ao meu Sporting depois de perder o jogo....

É triste mas este é o português que os nossos jornalistas usam hoje em dia...

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

mais uma curtinha

O carteiro que roubava os cheques das reformas aos velhos pensionistas, morre e vai para o inferno. Lá encontra o Diabo que lhe diz:
Como castigo pelos teus pecados em vida, vais ficar uma eternidade dentro de um imenso tanque cheio de m**** e atolado até ao queixo.
Ele olha para o lado e vê a Manuela Ferreira Leite dentro do mesmo tanque com a m**** só pela cintura.
O carteiro irritado, chama o demónio e reclama:
- Desculpa lá!! Assim não dá!! Tem dó, eu não roubei tanto assim! Só roubei o dinheiro dos reformados de Vila Nova de Gaia, mas nunca ninguém conseguiu provar nada contra mim e estou aqui quase afogado em m****, enquanto a Manuela que roubou a reforma a tantos funcionários públicos e pensionistas, está atolada em m**** só até à cintura?
O diabo, muito zangado, olha para a Manuela e grita:

- Manela! Sai já de cima da cabeça do Sócrates Porra!!!!!

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Assunto: FW: Confidencial - Processo Face Oculta

Fico triste, mas que tem piada, lá isso tem. Por isso, segue...


ÚLTIMA HORA!!!!!!!!!!!!


Paulo Bento constituído arguido!
Juiz considerou que ele andou quatro anos, a comprar sucata para o Sporting!

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Já são visivéis mudanças no Ministério da Educação:




quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Não, não vou falar do caso Face Oculta. Nem vou mandar piadas à dupla Vara/Sócrates.
Já se escreveu e falou tanto sobre o assunto que já enerva. (um bocadinho)
O que eu queria mesmo era dar os parabéns à nossa selecção. Finalmente e depois de muito nos fazerem sofrer garantiram o apuramento para o mundial da África do Sul. Que é como quem diz estamos entre os melhores do mundo... (mesmo tendo um seleccionador fraquinhoooo!!!)

Seja como for os meus parabéns àqueles que ontem se bateram como guerreiros e nos deram mais uma alegria (não muito grande mas mesmo assim uma alegria).


E agora para tentar salvar esta postagem:

Durante uma festa de arromba, com a nata dos políticos e diplomatas presentes no País, o anfitrião, milionário alemão, já meio tocado, fez-se ouvir para anunciar:
- Eu queria dizer uma coisa...a minha piscina é mágica!!!
Todos, a pensar que era delírio do dono da casa, começaram a rir.
Nisto, o dono da casa começa a correr, dá um salto para a piscina e grita:
- CERVEJA!!!
A água muda para cerveja, o tipo vai bebendo enquanto nada, e, ao sair do outro lado, a piscina volta ao normal.
O Embaixador italiano, estupefacto com o que estava a presenciar, corre também, dá um salto e grita:
- VINHO!!!
E a água transforma-se em vinho.
Ele nada, sai do outro lado e, novamente, a piscina volta ao normal.
O Adido francês vai, dá um salto para dentro da piscina e grita:
- CHAMPAGNE!!!
E a água muda para champanhe.
Quando sai do outro lado a piscina volta ao normal.
José Sócrates, a vibrar de emoção com o que está a acontecer no seu Portugal, corre também para a piscina.
Quando já vai no ar, o Armando Vara, seu amigo de infância, diz-lhe:
- Cuidado Zé, tens o telemóvel no bolso!!!•
E o Sócrates grita:
- MMMEEERRRDDDAAAA!!!!!!!!!!


quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Ainda sobre o caso Face Oculta

Aqui há dias o nosso Excelentíssimo moderador colocou uma postagem em que se limitava a copiar dois artigos (um do Miguel Sousa Tavares [BLEARGHHH] e outro do Mário Crespo) sobre o caso Face Oculta, ora eu não sou menos que ele e por isso vou fazer a mesma coisa.
Só que a crónica que eu copiei é de um GRANDE senhor da escrita nacional e não um desses senhores que ninguém conhece (desculpe lá qualquer coizita Sr. Mário Crespo)...
A crónica que eu vou por aqui foi escrita e publicada na Visão pelo inconfundível Ricardo Araújo Pereira!
E digo desde já que concordo com cada palavra dele.

Vamos então à crónica:



Armando Vara na vara criminal
Que os índices de desenvolvimento estagnem, ou até regridam, não me choca nem surpreende. É habitual. Mas que as actividades ilícitas andem, elas próprias, nas ruas da amargura, deixa-me deprimido

O que se oferece a quem já tem tudo? Um cheque de 10 mil euros é uma boa hipótese. Há ofertas que sabem sempre bem, e um cheque de 10 mil euros é simultaneamente prático e elegante. É elegante por ser, no fundo, uma mensagem escrita num tempo em que as pessoas já não escrevem umas às outras, o que é desde logo comovente. É prático, porque ninguém se queixa de já ter um igual e, na hipótese remota de não gostar, trata-se de um presente que se pode trocar em qualquer altura. Nomeadamente, por bens no valor de 10 mil euros.

Dito isto, e por muitos méritos que as hipotéticas ofertas de 10 mil euros possam ter, é forçoso assinalar que o caso Face Oculta embaraça, e de que maneira, José Sócrates e o partido socialista. Ainda há pouco tempo, figuras importantes do PSD foram enredadas num escândalo que envolvia milhões desviados da banca. Quando militantes destacados do PS aparecem ligados a crimes, o melhor que conseguem é uma suspeita de pagamento ilícito de 10 mil euros, levado a cabo por um sucateiro. De um lado, o glamour social-democrata da alta finança, das off-shores, dos grandes grupos económicos; do outro, a falta de estilo do ferro-velho e do lixo. Estamos perante corrupção pelintra, que é um oximoro difícil de compreender: na origem da corrupção costuma estar a ganância. Aceitar subornos de 10 mil euros ao mais alto nível é como ser depravado a dar beijinhos na testa.

Quando surgiu, o caso Face Oculta foi justamente recebido por todos com algum entusiasmo, pelo contributo que dava para desenjoar os portugueses dos escândalos do Freeport, do BPN, do BPP e dos submarinos, entre outros. Era um caso cujo processo seria interessante acompanhar, desde o momento inicial da investigação até ao dia em que, vários anos depois, uma prescrição ou um vício de forma acabe por absolver todos os arguidos menos o mais pequenino. No entanto, quando começaram a ser conhecidos os pormenores, o caso passou de simpático a aflitivo. Se se confirma que administradores de grandes bancos recebem 10 mil euros em troca de favores, quanto receberá, hoje em dia, um vereador corrupto, um administrativo gatuno, um vulgar funcionário vigarista? Eu sou do tempo em que fechar ilegalmente uma marquise custava mais do que 10 mil euros só em luvas. O que está a acontecer ao meu país? Que os índices de desenvolvimento estagnem, ou até regridam, não me choca nem surpreende. É habitual. Mas que as actividades ilícitas andem, elas próprias, nas ruas da amargura, deixa-me deprimido. Falhar onde nunca fomos bons não é novidade; fraquejar onde sempre fomos grandes, mói um bocadinho.

Mais uma

NOVO VOCABULÁRIO
VARA….PÉDIA

Assalto à Vara - Assalto de fato e gravata

Varómetro - Medidor de corrupção

Varapau - A vara que julga o Vara

Varapau de corrida - Carapau corrupto

Vara verde - Corrupto inexperiente

Varamento - Acto de bater em corruptos

Varação - Encalhar a corrupção na PGR

Varar um barco - Encher o barco de corruptos

Vara de porcos - Partido Socialista*

Vardade – Mentira

(*) Esta está divinal!!!!!

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Resposta (ou que lhe queiram chamar) ao post anterior

Um grande empresário português marca uma audiência com José Sócrates, na Residência Oficial do Primeiro-Ministro.
Enquanto aguarda, encontra Armando Vara que o recebe com muitos abraços.
Quando é recebido pelo Primeiro-Ministro, sente falta da carteira e resolve abordar o assunto com o PM:
- Não sei como lhe hei-de dizer, Senhor Primeiro-Ministro, mas a minha carteira acabou de desaparecer!
E continuou:
- Tenho a certeza de que estava com ela ao entrar na sala de espera.
Tive o cuidado de a guardar bem, após apresentar o BI ao segurança.
Não quero fazer nenhuma insinuação, mas a única pessoa com quem estive depois disso foi o Dr. Armando Vara, que está aqui na sala de espera ao lado.
O Primeiro-Ministro retira-se do gabinete. Pouco tempo depois, regressa com a carteira na mão.
Reconhecendo a sua carteira, o empresário comenta:
- Espero não ter causado nenhum problema pessoal entre o Senhor Primeiro-Ministro e o Dr. Armando Vara .
Ao que José Sócrates responde:
- Não se preocupe! Ele não deu por nada !!!...

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Sabiam?

Sabiam que o BCP vai patrocinar uma nova modalidade desportiva?
-É o assalto à VARA !!!

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Num comício de uma pequena cidade, dizia o Sócrates:
- Queridos cidadãos e cidadãs, durante todo o meu mandato, coloquei a minha honestidade acima de qualquer interesse político. Vocês podem ter a certeza que neste bolso - e batia no bolso do fato com uma das mãos - nunca entrou dinheiro do povo.
Neste instante alguém grita:
- Fato novo, hein?

Palavras do Senhor

Deus fez o mundo, para que os homens prosperassem, decidiu dar-lhes apenas duas virtudes...
Assim, mandou ao seu anjo-secretário que anotasse quais seriam os dons:

- Aos Suecos, os fez estudiosos e respeitadores da lei.

- Aos Ingleses, organizados e pontuais.

- Aos argentinos, chatos e arrogantes.

- Aos Japoneses, trabalhadores e disciplinados.

- Aos Italianos, alegres e românticos.

- Aos Franceses, cultos e finos.

- Aos Portugueses, inteligentes, honestos e socialistas.

O anjo anotou, mas logo em seguida, cheio de humildade, indagou:
- Senhor, a todos os povos do mundo foram dadas duas virtudes, porém aos portugueses foram dadas três! Isto não os fará soberbos em relação aos outros povos da terra?
- Muito bem observado, bom anjo! exclamou o Senhor. - Isto é verdade!
- Façamos então uma correcção! De agora em diante, os portugueses, povo do meu coração, manterão esses três dons, mas nenhum deles poderá utilizar mais de dois simultaneamente, como os outros povos!
Assim sendo:

O que for socialista e honesto, não pode ser inteligente;
O que for socialista e inteligente, não pode ser honesto;
E o que for inteligente e honesto, não pode ser socialista !!!!


Palavras do Senhor!!!...

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Ele não desiste

Ele não desiste.
Enquanto houver alguém sem um magalhães o nosso primeiro lá está para os tentar vender.


sexta-feira, 6 de novembro de 2009

para pensar

Os problemas do nosso país são essencialmente agrícolas:
excesso de nabos; falta de tomates e muito grelo abandonado.

Portugal é um país geométrico:
é rectangular e tem problemas bicudos discutidos em mesas redondas, por bestas quadradas!

A diferença entre Portugal e a República Checa
é que esta tem o governo em Praga e
Portugal tem a praga no governo.

Qual a diferença entre uma dissolução e uma solução?
Uma dissolução seria meter um político num tanque de ácido para que se dissolva.
Uma solução seria metê-los a todos.
E eis que com alguma surpresa sou confrontado com esta noticía:

Paulo Bento não aguentou a pressão dos maus resultados e pediu demissão do cargo de treinador do Sporting ao início da manhã.
O Sporting já não vence há quatro jogos para a Liga e as más exibições da equipa, associada a resultados medíocres, precipitaram a saída do técnico português.
Esta manhã, o ambiente em redor do Estádio de Alvalade era calmo e sem presença de adeptos.
O presidente do Sporting, José Eduardo Bettencourt, convocou uma conferência de imprensa para o inicio da tarde, onde irá esclarecer a posição da SAD leonina em relação ao pedido de demissão do técnico.

E digo-vos o porquê da surpresa. Não é pelo facto do Paulo Bento ter sido o melhor treinador do Sporting dos últimos anos. Não é que eu ache que ele estivesse a fazer um bom trabalho (antes pelo contrário) eu pensei é que a direcção ia esperar pela paragem do campeonato para os jogos da selecção.
Enfim escolhas...

Já agora uma noticia relacionada a que eu achei alguma piada:

Sai o treinador, sobem as acções

As acções da SAD do Sporting estão a subir 8,33 por cento para 1,30 euros, após a notícia de que Paulo Bento apresentou a demissão do cargo de treinador principal do clube de Alvalade.
Na sessão da bolsa hoje, já mudaram de mãos mais de 4200 títulos, quase o dobro do que costuma ser a média diária.
Em termos acumulados, as acções da SAD leonina apresentam uma desvalorização de 5,2% desde Janeiro.
Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o Sporting informou hoje que Paulo Bento "apresentou nesta data a demissão do cargo de treinador principal da equipa profissional por entender não estarem reunidas as condições para se manter no comando técnico da equipa".
Paulo Bento, de 40 anos, tinha contrato com o Sporting até 2011, depois de ter prolongado o vínculo já esta época, numa das primeiras medidas de José Eduardo Bettencourt, que tinha acabado de ser eleito presidente.
Após nove jornadas na Liga portuguesa de futebol, o Sporting ocupa o sétimo lugar, com 13 pontos, menos 12 do que o líder, o Sporting de Braga.
O comunicado acrescenta que, até outra decisão, a equipa passa a ser orientada pelo treinador Leonel Pontes, estando agendada para as 13:00 uma conferência de imprensa no Estádio José Alvalade, em Lisboa.

Sobre o processo face oculta

Os textos que se seguem não são da autoria de nenhum dos autores deste blogue (aliás o nome dos autores estão indicados no inicio de cada texto) mas como reflectem e bem a opinião (pelo menos a minha) sobre este caso ficam aqui os testemunhos.
Eu sei que a maioria dos que escrevem neste blogue (e eu incluído) detestam o autor do primeiro texto. É arrogante, convencido, segundo me dizem intratável... e na minha opinião (compartilhada por muita gente que conheço) se não fosse filho de quem é nunca teria chegado onde chegou.
Mas uma vez por outra acerta nas criticas e esta foi uma delas.
Pelo contrário o autor do segundo texto é alguém que admiro imenso.

*"O Factor Vara"... (Miguel Sousa Tavares**)
Toda a 'carreira', se assim lhe podemos chamar, de Armando Vara, é uma história
que, quando não possa ser explicada pelo mérito (o que, aparentemente, é regra), tem
de ser levada à conta da sorte.
Uma sorte extraordinária. Teve a sorte de, ainda bem novo, ter sentido uma
irresistível vocação de militante socialista, que para sempre lhe mudaria o destino
traçado de humilde empregado bancário da CGD lá na terra.
Teve o mérito de ter dedicado vinte anos da sua vida ao exaltante trabalho político no
PS, cimentando um currículo de que, todavia, a nação não conhece, em tantos anos de
deputado ou dirigente político, acto, ideia ou obra que fique na memória.
Culminou tão profícua carreira com o prestigiado cargo de ministro da Administração
Interna - em cuja pasta congeminou a genial ideia de transformar as directorias e as
próprias funções do Ministério em Fundações, de direito privado e dinheiros públicos.
Um ovo de Colombo que, como seria fácil de prever, conduziria à multiplicação de
despesa e de "tachos" a distribuir pela "gente de bem" do costume.
Injustamente, a ideia causou escândalo público, motivou a irritação de Jorge Sampaio
e forçou Guterres a dispensar os seus dedicados serviços.
E assim acabou - "voluntariamente", como diz o próprio - a sua fase de dedicação à
causa pública.
Emergiu, vinte anos depois, no seu guardado lugar de funcionário da CGD, mas agora
promovido por antiguidade ao lugar de director, com a misteriosa pasta da
"segurança". E assim se manteve um par de anos, até aparecer também subitamente
licenciado em Relações Qualquer Coisa por uma também súbita Universidade,
entretanto fechada por ostensiva
fraude académica.
Poucos dias após a obtenção do "canudo", o agora dr. Armado Vara viu-se promovido -
por mérito, certamente, e por nomeação política, inevitavelmente - ao lugar de
administrador da
CGD: - assim nasceu um banqueiro.
Mas a sua sorte não acabou aí: -ainda não tinha aquecido o lugar no banco público, e
rebentava a barraca do BCP, proporcionando ao Governo socialista a extraordinária
oportunidade de domesticar o maior banco privado do país, sem sequer ter de o
nacionalizar, limitando-se a nomear os seus escolhidos para a administração, em lugar
dos desacreditados administradores de "sucesso".
A escolha caiu em Santos Ferreira, presidente da CGD, que para lá levou dois homens
de confiança sua, entre os quais o sortudo dr. Vara.
E, para que o PSD acalmasse a sua fúria, Sócrates deu-lhes a presidência da CGD e
assim a meteórica ascensão do dr. Vara na banca nacional acabou por ser assumida
com um sorriso e um tom "leve".
Podia ter acabado aí a sorte do homem, mas não. E, desta vez, sem que ele tenha
sido tido ou achado, por pura sorte, descobriu-se que, mesmo depois de ter saído da
CGD, conseguiu ser promovido ao escalão máximo de vencimento, no qual vencerá a
sua tão merecida reforma, a
seu tempo. Porque, como explicou fonte da "instituição" ao jornal "Público", é prática
comum do "grupo" promover todos os seus administradores-quadros ao escalão
máximo quando deixam de lá trabalhar.
Fico feliz por saber que o banco público, onde os contribuintes injectaram nos últimos
seis meses mil milhões de euros para, entre outros coisas, cobrir os riscos do dinheiro
emprestado
ao sr. comendador Berardo para ele lançar um raide sobre o BCP, onde se pratica
actualmente o maior spread no crédito à habitação, tem uma política tão generosa de
recompensa aos seus administradores - mesmo que por lá não tenham passado mais
do que um par de anos.
Ah, se todas as empresas, públicas e privadas, fossem assim, isto seria
verdadeiramente o paraíso dos trabalhadores!
Eu bem tento sorrir apenas e encarar estas coisas de forma leve. Mas o 'factor Vara'
deixa-me vagamente deprimido. Penso em tantos e tantos jovens com carreiras
académicas de mérito e esforço, cujos pais se mataram a trabalhar para lhes pagar
estudos e que hoje concorrem a lugares de carteiros nos CTT ou de vendedores porta a
porta e, não sei porquê, sinto-me deprimido.
Este país não é para todos.
P.S. - Para que as coisas fiquem claras, informo que o sr. (ou dr.) Armando Vara tem a
correr contra mim uma acção cível em que me pede 250 000 euros de indemnização
por "ofensas ao seu bom nome". Porque, algures, eu disse o seguinte: "Quando entra
em cena Armando Vara,
fico logo desconfiado por princípio, porque há muitas coisas no passado político dele
de que sou altamente crítico". Aparentemente, o queixoso pensa que por "passado
político" eu quis insinuar outras coisas, que a sua consciência ou o seu invocado "bom
nome" lhe sugerem.
Eu sei que o Código Civil diz que todos têm direito ao bom nome e que o bom nome se
presume. Mas eu cá continuo a acreditar noutros valores: - o bom nome, para mim,
não se presume, não se apregoa, não se compra, nem se fabrica em série - ou se tem
ou não se tem.
O tribunal dirá, mas, até lá e mesmo depois disso, não estou cativo do "bom nome" do
sr. Armando Vara.
Era o que faltava!
Acabei de confirmar no site e está lá, no site institucional do BCP.
Vejam bem os anos de licenciatura e de pós-graduação!!!!! :
- Armando António Martins Vara Dados pessoais: Data de nascimento: 27 de
Março de 1954 Naturalidade: Vinhais - Bragança Nacionalidade: Portuguesa
Cargo: Vice-Presidente do Conselho de Administração Executivo Início de Funções:
16 de Janeiro de 2008 Mandato em Curso: 2008/2010 Formação e experiência
Académica Formação: 2005 - Licenciatura em Relações Internacionais (UNI)
2004 - Pós-Graduação em Gestão Empresarial (ISCTE)
http://www.millenniumbcp.pt/pubs/pt/grupobcp/quemsomos/orgaossociais//article.j
html?articleID=217516

Extraordinário... CV de fazer inveja a qualquer gestor de topo, que nunca tenha
perdido tempo em tachos e no PS !
Conseguiu tirar uma Pós-graduação ANTES da licenciatura...
Ou a pós-graduação não era pós-graduação ou foi tirada com o mesmo professor da
licenciatura, dele e do Eng. Sócrates...
e viva o BCP e o seu "bom nome" !!!

(Mário Crespo)


Os intocáveis
00h30m
O processo Face Oculta deu-me, finalmente, resposta à pergunta que fiz ao ministro da Presidência Pedro Silva Pereira - se no sector do Estado que lhe estava confiado havia ambiente para trocas de favores por dinheiro. Pedro Silva Pereira respondeu-me na altura que a minha pergunta era insultuosa.
Agora, o despacho judicial que descreve a rede de corrupção que abrange o mundo da sucata, executivos da alta finança e agentes do Estado, responde-me ao que Silva Pereira fugiu: Que sim. Havia esse ambiente. E diz mais. Diz que continua a haver. A brilhante investigação do Ministério Público e da Polícia Judiciária de Aveiro revela um universo de roubalheira demasiado gritante para ser encoberto por segredos de justiça.
O país tem de saber de tudo porque por cada sucateiro que dá um Mercedes topo de gama a um agente do Estado há 50 famílias desempregadas. É dinheiro público que paga concursos viciados, subornos e sinecuras. Com a lentidão da Justiça e a panóplia de artifícios dilatórios à disposição dos advogados, os silêncios dão aos criminosos tempo. Tempo para que os delitos caiam no esquecimento e a prática de crimes na habituação. Foi para isso que o primeiro-ministro contribuiu quando, questionado sobre a Face Oculta, respondeu: "O Senhor jornalista devia saber que eu não comento processos judiciais em curso (…)". O "Senhor jornalista" provavelmente já sabia, mas se calhar julgava que Sócrates tinha mudado neste mandato. Armando Vara é seu camarada de partido, seu amigo, foi seu colega de governo e seu companheiro de carteira nessa escola de saber que era a Universidade Independente. Licenciaram-se os dois nas ciências lá disponíveis quase na mesma altura. Mas sobretudo, Vara geria (de facto ainda gere) milhões em dinheiros públicos. Por esses, Sócrates tem de responder. Tal como tem de responder pelos valores do património nacional que lhe foram e ainda estão confiados e que à força de milhões de libras esterlinas podem ter sido lesados no Freeport.
Face ao que (felizmente) já se sabe sobre as redes de corrupção em Portugal, um chefe de Governo não se pode refugiar no "no comment" a que a Justiça supostamente o obriga, porque a Justiça não o obriga a nada disso. Pelo contrário. Exige-lhe que fale. Que diga que estas práticas não podem ser toleradas e que dê conta do que está a fazer para lhes pôr um fim. Declarações idênticas de não-comentário têm sido produzidas pelo presidente Cavaco Silva sobre o Freeport, sobre Lopes da Mota, sobre o BPN, sobre a SLN, sobre Dias Loureiro, sobre Oliveira Costa e tudo o mais que tem lançado dúvidas sobre a lisura da nossa vida pública. Estes silêncios que variam entre o ameaçador, o irónico e o cínico, estão a dar ao país uma mensagem clara: os agentes do Estado protegem-se uns aos outros com silêncios cúmplices sempre que um deles é apanhado com as calças na mão (ou sem elas) violando crianças da Casa Pia, roubando carris para vender na sucata, viabilizando centros comerciais em cima de reservas naturais, comprando habilitações para preencher os vazios humanísticos que a aculturação deixou em aberto ou aceitando acções não cotadas de uma qualquer obscuridade empresarial que rendem 147,5% ao ano. Lida cá fora a mensagem traduz-se na simplicidade brutal do mais interiorizado conceito em Portugal: nos grandes ninguém toca.

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

A história do Rato

A História do RATO......


Certo dia, um homem entrou numa loja de antiguidades e deparou-se com uma belíssima estátua de um rato, em tamanho natural. Petrificado com a beleza da obra de arte, correu ao balcão e perguntou o preço ao vendedor:

- Quanto custa?

- A peça custa 500 € e a história do rato custa 5.000 €.

- O quê??? 5.000 € por uma história??? Vou levar só a obra de arte.

Feliz com a aquisição, o homem saiu da loja com a sua estátua debaixo do braço. À medida que ia andando percebeu, mortificado, que inúmeros ratos saíam das lixeiras e sarjetas e que o começavam a seguir. Correndo desesperado, o homem foi até ao cais e atirou a peça com toda a força para o meio do mar. Incrédulo, viu toda aquela horda de ratazanas atirar-se à água e morrer afogada. Ainda sem forças, o homem voltou para o antiquário e o vendedor perguntou-lhe:

- Veio comprar a história, não foi?

- Não, só quero saber se tem uma estátua do Sócrates.

Assembleia da Républica - a melhor definição

"A Assembleia da Republica é um local que:
se for gradeado será um Jardim Zoológico,
se for murado será um presídio,
se se cobrir com uma lona será um circo,
se levar lanternas vermelhas será um bordel,
e... se puxarmos o autoclismo não sobra ninguém!..

Mas é dificil de eliminar, mesmo com detergente,
gasolina ou explosivo...

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Uma primeira opinião sobre o novo governo

E o nosso primeiro ministro anunciou ontem a constituição do novo Governo para o próximo ano (porque dificilmente o governo dura mais tempo).
E eles são (para além do pseudo-engenheiro José Sócrates como primeiro ministro):

Ministro da Presidência: Pedro da Silva Pereira Mantêm-se o mesmo será que ele tem acesso às escutas a Belém?;
Ministro dos Assuntos Parlamentares (muda de pasta): Jorge Lacão Como o governo tem de negociar imenso com a oposição e este não gosta de malhar na oposição (ou pelo menos não se gaba disso) é uma escolha como outra qualquer;
Ministro dos Negócios Estrangeiros: Luís Amado Outro que se mantêm no mesmo cargo;
Ministro do Estado e das Finanças: Teixeira dos Santos Para um ministro que tinha sido considerado o pior ministro das finanças da União Europeia é excelente ter sido reconduzido no cargo;
Ministro da Defesa Nacional (muda de pasta): Augusto Santos Silva Deixa de malhar na oposição e começa a malhar nos militares (ou usa-os para malhar na oposição ainda não sei);
Ministro da Administração Interna: Rui Pereira Mantêm-se no cargo - mais um;
Ministro da Justiça (novo): Alberto Martins Não há-de ser pior que o que saiu;
Ministro da Economia, Inovação e Desenvolvimento (muda de pasta): José Vieira da Silva Deixa a pasta do trabalho (onde diga-se de passagem não fez grande coisa) e passa para a economia. Por outras palavras continua a lixar quem trabalha…;
Ministro da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e Pescas (novo): António Manuel Serrano Qualquer um é melhor que o Jaime Silva;
Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações (novo): António Augusto Mendonça Nem sei quem é este fulano… perdão senhor fulano;
Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior: Mariano Gago Quase não se dá por ele e vai fazendo parte de todos os governos do PS mais um que se mantêm;
Ministro do Ambiente e Ordenamento do Território (novo): Dulce Fidalgo Pássaro Para o ambiente uma ministra com nome de ave será coincidência?;
Ministro do Trabalho e Solidariedade Social (novo): Maria Helena Santos André Não sei quem é mas desde que não lixe quem trabalha (o que neste governo é quase impossível) …;
Ministro da Educação (novo): Isabel Alçada Vai ser uma aventura;
Ministro da Saúde: Ana Jorge Até simpatizo com a senhora, apesar de tudo tinha de haver alguém neste governo que não fizesse só merda;
Ministro da Cultura (novo): Maria Ferreira Canavilhas Será desta que temos um ministro que se preocupa com a cultura (é que na verdade desde o Carrilho que não temos um verdadeiro ministro da Cultura)

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Novas Opurtunidades e Medicina



É mais uma história de sucesso do Programa Novas Oportunidades, o tal programa tão elogiado pelo primeiro-ministro. Um programa que conduzirá Portugal ao primeiro lugar mundial nas estatísticas sobre Educação. Agora, ficamos a saber que Pedro Póvoa, atleta de Taekwondo, vai entrar em Medicina sem nunca ter posto os pés numa escola secundária. Desta forma, o Governo manda uma mensagem a todos os jovens portugueses: não é preciso estudar Biologia nem Química para entrar em Medicina. Nem é preciso frequentar o ensino secundário durante 3 anos. Bastam 6 meses no Nova Oportunidades. E a Ordem dos Médicos fica calada? Está revoltado? Não vale a pena revoltar-se. Não queira ser apelidado de 'pessimista de serviço'!
Já se sabia que o Nova Oportunidades está a dar diplomas do ensino secundário à velocidade da luz. Ficamos agora a saber que há quem veja nele o caminho mais curto para ser médico. Já tínhamos engenheiros civis sem Matemática e Física do secundário, economistas sem Matemática e linguistas sem Latim. Agora passamos a ter médicos que tiraram o 12º ano em 6 meses. Estudar Biologia? Para quê? Química? Não é preciso! Matemática? É chato!




E há aqueles que se esforçam que merecem um lugar nas universidades e faculdades e ficam de fora por um pormenor sem importância como sejam as notas.
Parabens ao Sr. Primeiro-ministro esta coisa das novas oportunidades cria mesmo oportunidades ( e oportunistas)...

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Para os meus amigos do PP

Para os meus amigos do PP (porque não tenho - que saiba - amigos do PNR) é que o discurso do PP ultimamente tem-me deixado um pouco apreensivo. E esta piada fez-me pensar nalguns slogans do PP nas últimas Legislativas.

Um emigrante de Angola Chega a Portugal e no seu primeiro dia, decide sair para ver os arredores da sua nova cidade.
Andando rua abaixo em Lisboa, dirige-se à primeira pessoa que vê e diz:
- Obrigado senhor Português por me ter permitido estar neste país onde me deram casa e comida, seguro, médico e educação grátis.
A pessoa sorri e reponde:
- Sinto muito, mas eu sou lituano!
O Angolano continua rua abaixo e encontra outro que caminhava na sua direcção e diz:
- Senhor português, obrigado por este país tão belo que é Portugal.
A Pessoa responde:
- Sinto muito mas eu não sou português sou Romeno.
O Angolano continua o seu caminho para a seguinte pessoa que vê na rua, cumprimenta-o e diz:
- Obrigado por este país tão belo que é Portugal.
A Pessoa após o cumprimentar diz:
- Muito bem mas eu não sou português, sou Marroquino.
O angolano continua o seu caminho e finalmente vê uma senhora bem vestida que vem a seu encontro e pergunta:
- Você é Portuguesa?
A mulher sorri e diz:
- Sim e não, sou cigana.
Estranho e confuso o angolano pergunta: mas onde estão os portugueses?
A cigana olha-o de cima abaixo e responde prontamente:
- Espero que a trabalhar para nos sustentar.

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Mais uma Pérola da Igreja Brasileira

Cardeal brasileiro «perplexo» com suspensão de deputados contrários à legalização do aborto
Embrião não é conjunto de células, mas indivíduo da espécie humana
O arcebispo de Salvador, Brasil, manifestou a sua perplexidade perante a suspensão de dois deputados federais contrários à legalização do aborto.
O Partido dos Trabalhadores suspendeu, a 17 de Setembro, Luiz Bassuma, por um ano, e Henrique Afonso, durante 90 dias, por contrariarem uma resolução a favor da descriminalização do aborto. (no caso de haver disciplina de voto como há em certos partidos em Portugal, estavam no seu direito de os suspender - embora não concorde)Os deputados abandonaram o partido. (também estavam no seu direito e como se costuma dizer os incomodados que se retirem)
Em nota enviada às redacções, o cardeal Geraldo Agnelo afirma ter ficado “perplexo” com “a decisão de um partido político adoptar o princípio bolchevista de condenar e suspender correligionários que se colocam na defesa do primeiro e fundamental direito da pessoa humana, o direito de nascer”. (e quanto ao apoio ao regime nazi na II Guerra Mundial? pois aí já não se tratava de direito de nascer ou os judeus não são "pessoas humanas" .E quanto a apoiar crimes de pedofilia? afinal a Igreja deve ser recordista de casos desses e tantos outros silêncios culpados por parte da Igreja. Ao menos nesse partido agem e explicam porque agem não se calam a ver se as pessoas esquecem)
“Solidarizo-me com os deputados federais Luiz Bassuma e Henrique Afonso”, escreveu o arcebispo. (está no seu direito)
O cardeal considera que a defesa da vida “constitui uma conquista da civilização e seria muito grave retornar aos tempos em que nem todos os seres humanos eram considerados pessoas. Estes, então podiam ser comprados, vendidos, tratados como objectos, inclusivamente depois de morrer”.
“Os Direitos Fundamentais da Pessoa Humana, a começar pelo Direito à Vida, não são outorgados por instâncias políticas. Eles vêm antes de qualquer legislação humana, são preciosos porque subtraem a pessoa ao arbítrio de qualquer poder e à tirania de circunstâncias adversas.” (se bem me recordo a igreja não se manifestou contra a escravatura em tempo util e quem aprovou a declaração dos direitos do homem [mesmo que não a cumpram] FORAM politicos) Segundo D. Geraldo Agnelo, “os Governos e os seus órgãos legislativos podem apenas reconhecer esses direitos e devem tudo fazer para garanti-los.” ( e o direito de escolher ter um filho ou não)
O arcebispo de Salvador considera que abortar “é uma medida que deixa a mulher sozinha com o seu drama, desonera o pai da criança, desonera a administração pública e a sociedade organizada da necessidade de acolher, cuidar, sustentar, juntamente com a mulher, a vida nova que está chegando”. (tretas vamos a ver quantos padres [e eu sei de MUITOS casos] não pagaram do seu bolso o aborto de meninas que eles engravidaram?)
“Demorámos mais de 200 anos para tomar consciência de que não se pode violar a natureza, o ar, as águas, as florestas sem pagar um alto preço, como o aquecimento global. A violação da vida humana trará consequências ainda piores”, advertiu.
“Um embrião não é um conjunto de células, mas um indivíduo da espécie humana. Não se trata de uma verdade de fé, mas de uma verdade que a razão é capaz de reconhecer”, afirmou D. Geraldo Agnelo.
___________________________________________________________________________________


Bento XVI contra padres na política

Bento XVI defendeu esta Quinta-feira, no Vaticano, que os padres devem “permanecer afastados” de um compromisso pessoal na política, campo que considerou reservado aos “fiéis leigos”. (leu isto senhor D. Geraldo Agnelo)

A entrada dos padres na política, alertou, poderia comprometer “a unidade e a comunhão de todos os fiéis”. (principalmente quando misturam fé dogmas religiosos e politica)
Recebendo um grupo de Bispos do Nordeste do Brasil, o Papa defendeu que é “necessário evitar a secularização dos sacerdotes e a clericalização dos leigos”.
“Nessa perspectiva, portanto, os fiéis leigos devem empenhar-se em exprimir na realidade, inclusive através do empenho político, a visão antropológica cristã e a doutrina social da Igreja”, explicou. (mas se não o fizerem não é à igreja que o compete fazer)
Segundo Bento XVI, “é importante fazer crescer esta consciência nos sacerdotes, religiosos e fiéis leigos, encorajando e vigiando para que cada um possa sentir-se motivado a agir segundo o seu próprio estado”.
Aos 22 Bispos presentes, o Papa pediu maiores esforços para “despertar novas vocações sacerdotais e encontrar os pastores indispensáveis às vossas dioceses, ajudando-vos mutuamente para que todos disponham de presbíteros melhor formados e mais numerosos para sustentar a vida de fé e a missão apostólica dos fiéis”. (com a Igreja ultra-conservadora e parada no tempo e com os lideres religiosos que temos cada vez vai ser mais dificil)
Bento XVI frisou que na Igreja nem todos têm a mesma função: "É isto que constitui a beleza e a vida do corpo". (por favor alguém explica isso ao sr. D. Geraldo Agnelo - padres na igreja politicos onde quer que seja o seu lugar - sabem aquela história do a César o que é de César, a Deus o que é de Deus)
A falta de padres, afirmou, não é a verdadeira justificação para “uma participação mais activa e numerosa dos leigos". "Na realidade, quanto mais os fiéis se tornam conscientes das suas responsabilidades na Igreja, tanto mais sobressaem a identidade específica e o papel insubstituível do sacerdote como pastor do conjunto da comunidade, como testemunha da autenticidade da fé e dispensador, em nome de Cristo-Cabeça, dos mistérios da salvação”, apontou.

(e já agora o que diria o Santo Padre e o sr. D. Geraldo Agnelo dos padres que se canditam em Portugal nas listas da CDU? Também há vários casos.)


Fonte das duas noticias: http://www.agencia.ecclesia.pt

Nobel da Paz 2009

E o Nobel da Paz deste ano foi para:


Não é que eu não goste do senhor, que até gosto, acho que ele é, ou pelo menos parece ser, o que se costuma chamar um gajo porreiro.
Mas havia, de entre os candidatos conhecidos, alguns que talvez merecessem mais do que ele.
Organizações que lutam pelos direitos humanos, pelo desarmamento. Pessoas que se sacrificam em prol dos outros.

Os nomes dos nomeados para o Nobel da paz são mantidos em segredo num período de 50 anos a menos que a pessoa ou entidade que o nomeou o divulgue. E entre os nomes divulgados havia quem, na minha opinião, merecia mais do que ele. Mas é a minha opinião...

Segundo o porta voz do Comité Nobel o prémio foi atribuído a Barack Obama pelos seus "extraordinários esforços para reforçar a diplomacia internacional e a cooperação entre os povos", (por isso é que ele está a retirar do Iraque e a avançar em força no Afeganistão) e ainda porque o " Comité (Nobel) atribuiu grande importância à visão e aos esforços de Obama no sentido de criar um mundo sem armas nucleares". (nem que seja preciso invadir o Irão ou a Coreia do Norte).

Mas na boa tradição do Comité deram o Nobel a um Pacifista Tal como o deram a Yasser Arafat e Yitzhak Rabin Henry A. Kissinger todos eles paladinos da paz e da saudável convivência entre os povos deste mundo...
Pelo menos em 1966 e 1967 à falta de um candidato digno (o que não foi o caso deste ano) não atribuíram prémio a ninguém. E em 1973 o sr. Le Duc Tho que tinha sido galardoado juntamente com Kissinger teve o bom-senso de recusar o prémio.

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Cartas ao Pai Natal

Como cada vez começam mais cedo as promoções e campanhas de Natal decidi começar agora antes de toda a gente. Já era para oter osto mais cedo mas acho que em agosto era demasiado cedo... mesmo para um blogue do contra...

Cartas ao Pai Natal


Cartas ao Pai Natal I - Mário Soares

Pai Natal
Acordei agora da sesta. Tive um sonho original.
Conversei com a Maria
E achamos que não é sonho
Mas uma ideia genial!
Já fui ministro, primeiro-ministro
E duas vezes presidente deste país
Está na hora de mudar de ares
Aceitar novos desafios
Levar mais longe o nome de Portugal
Ou o meu nome... Como sempre quis.
Como tu tenho já uma certa idade
E no ventre a mesma proeminência
Decidi que para o ano quero ser o Pai Natal.
Portanto...
Olha pá faz as malas. Desocupa a Lapónia.
Vou ser eu o Pai Natal.
Tem lá paciência.

Cartas ao Pai Natal II - Manuel Alegre

Pai natal quando voares nos céus da minha Pátria
Quando aterrares as renas nas planícies do meu País
Lembra-te desta carta, pedido singelo
De um homem que só para a Pátria pede
Para si... Nada quis.
Se o nevoeiro que levou D. Sebastião
Te fizer perder o rumo e baralhar o norte
Segue o cheiro a verde pinho
Ouve a minha trova no vento que passa
E chegarás às chaminés do meu país
Pátria desafortunada. Sem euros. Má sorte.
Numa das chaminés de Lisboa
Sentirás o odor e verás o fumo negro da traição
Que o teu trenó sobre ela paire.

Cartas ao Pai Natal III- Jerónimo de Sousa

Camarada
Tu que és explorado pela entidade patronal
Durante a época do Natal
Usado como símbolo do capitalismo
Para fomentar o consumismo
Desenfreado, descontrolado
Que enriquece a burguesia
E empobrece o proletariado
Junta-te a nós no combate
Contra a guerra no Iraque
Oferece Che Guevara's não ofereças Action Man's
Luta pela igualdade feminina
Não dês Barbies mas Matrioshkas
Educa as crianças de hoje
Comunistas amanhã
Substitui o Harry Potter pelo livro "O Capital".
Camarada
Reivindica o teu direito a um transporte decente
Pára o trenó e as renas
Que não é veículo de gente operária e trabalhadora
Como tu oh pai natal!
Unidos venceremos o imperialismo e os reaccionários
Viva o Natal dos oprimidos
Viva o Natal dos operários!

Cartas ao Pai Natal IV- Francisco Louçã

Isto não é uma carta!
É um manifesto. Um protesto. Uma petição
Assinada por dezenas de intelectuais
E outras pessoas que jamais
Se reviram numa festa
Bacanal
Orgia de oferendas
Dadas sem qualquer critério
E que perpetuam uma tradição
Caduca. Reaccionária. Clerical.
Que tu representas oh pai do natal.
Com esta petição pretendemos
Que a data seja referendada
Não imposta, decretada
Por um estado economicista e liberal
E que seja celebrada quando um homem quiser
Não à roda da mesa. Consoada.
Mas num portuguesíssimo arraial.

Cartas ao Pai Natal V - Aníbal Cavaco Silva

Excelentíssimo Senhor Doutor Pai Natal
Venho por esta via pedir para a minha Maria
O Kama Sutra, versão condensada
Não sei se a minha Maria teria
Para a versão completa e ilustrada
Suficiente pedalada.
Eu para mim
Por ora nada peço
E de momento nada digo
Não abdico do meu direito de manter o suspense
E de fazer tabu do meu posterior pedido.
Mas.... E só isto adianto
Não preciso de Viagra
Para acompanhar a minha Maria na leitura
Do acima citado livro
Que teso e hirto ando eu sempre
Não precisando por isso de muleta
Ou qualquer outro suplemento
Para manter a rigidez
E o meu porte sobranceiro.
Despeço-me atentamente economizando palavras
Porque como vossa Excelência sabe:
Os tempos são de crise e tempo é dinheiro.

Assina o Professor Doutor:
Cavaco Silva

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Manuela Ferreira Leite

Sim eu sei a senhora perdeu as eleições e é capaz de estar um pouco em baixo.
Mas como disse alguém é nessas alturas que é mais fácil bater-lhes...

A COBRA E O COELHO

Numa manhã, um coelho cego estava a descer para a sua toca quando dá um encontrão numa grande cobra que ali estava.
- Desculpa-me - disse o coelho, - não tinha intenção de ir contra ti, é que eu sou cego!
- Não há problema - responde a cobra - mas se calhar a culpa foi minha, que não te vi chegar; é que eu também sou cega! Já agora, que tipo de animal és tu?
- Bem, não sei muito bem, sou cego, nunca me vi! Talvez tu me consigas examinar e descobrir.
Então a cobra apalpou o coelho e disse:
- Bem, tu és macio, tens longas e sedosas orelhas, uma cauda que parece um pompom e um pequeno nariz. Deves ser um coelho! O coelho ficou tão contente que dançou de alegria.
Então a cobra disse que também não sabia que tipo de animal ela era e o coelho concordou em tentar descobrir. Após ter examinado a cobra, o coelho responde:
- Tu és dura, és fria, és viscosa e não tens tomates.... deves ser a Manuela Ferreira Leite!....

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Acerca da Vergonha do Futebol Português


Paulo Bento arrisca castigo pesado
LIGA PREVÊ SUSPENSÕES ENTRE 2 MESES E 2 ANOS


Paulo Bento arrisca-se a ser alvo de um castigo pesado, por ter atacado a arbitragem e em concreto Vítor Pereira, presidente da CA da Liga, na "flash interview" e na conferência de imprensa que se seguiram ao clássico de sábado, no Estádio do Dragão.

O treinador leonino já foi castigado em dois momentos com 12 dias de suspensão. No primeiro por, após o Benfica-Sporting, de 29 de Setembro de 2007, ter afirmado existir "falta de vergonha de quem dirige os jogos e os árbitros". Num segundo momento por, após a final da Taça da Liga, com o Benfica, a 21 de Março deste ano, ter classificado de "roubo" a arbitragem de Lucílio Baptista.

Num e noutro caso, a Comissão Disciplinar da Liga fez referência ao n.º 1 do artigo 107.º do Regulamento Disciplinar que prevê punições que podem ir de 1 mês a 1 ano de suspensão. O mesmo artigo, porém, prevê, no ponto 2, que, "em caso de reincidência, as penas referidas no número anterior serão agravadas para o dobro".

É cedo para determinar a extensão do castigo, mas uma coisa parece certa: a CD, presidida por Ricardo Costa, não deixará passar em claro as declarações e desta vez terá, seguramente, mão mais pesada do que nas ocasiões anteriores.

(fonte: jornal "RECORD")

Ora vejamos sobre os dois castigos anteriores ao Paulo Bento:
o primeiro por: «ter afirmado existir "falta de vergonha de quem dirige os jogos e os árbitros."» A nomeação e prestação daquela amostra de arbitro no jogo de sábado é um exemplo perfeito dos muitos que abundam no futebol português. E devo dizer que nem foi das piores arbitragens que já vi (exceptuando uma gritante dualidade de critérios - a nível de marcação de faltas e distribuição de cartões amarelos - o Abel até viu por o maior anti-desportista e (é verdade) um dos melhores jogadores da liga se ter atirado para cima dele);
o segundo castigo foi por: « após a final da Taça da Liga, com o Benfica, a 21 de Março deste ano, ter classificado de "roubo" a arbitragem de Lucílio Baptista.» e aquilo não foi um roubo? E ainda dizem que quem diz a verdade não merece castigo...


Já agora o ano passado a Liga decidiu suspender um jogador do FCP por ter enganado um arbitro ao simular um penalti contra o SLB agora que o Hulk simulou uma falta que valeu um amarelo ao Abel ele também vai ser castigado? Se não for é a prova de que todas as acusações que o SCP tem feito são apenas a verdade.

Se o Paulo Bento for castigado o arbitro daquele jogo e quem o nomeou tem de ser expulsos para sempre do futebol nem que se tenha de recorrer à FIFA e ao tribunal dos direitos do homem porque o que eles fazem para além de ser crime (abuso de poder e de autoridade) é um atentado ao bom nome do desporto e uma tentativa mais do que clara de destruir um clube - e preparem-se daqui a dois três jogos nomeiam o sr. Lucílio Baptista para um jogo do Sporting.
O mais triste é que no seu apetite incontrolável de destruir o SCP a liga e os seus responsáveis estão também a destruir a carreira de jovens jogadores com um futuro brilhante pela frente.

Mais uma coisa a partir de agora ,e podem ter a certeza disto, não é apenas o SCP o alvo a abater aliás agora talvez os deixem em paz por 2 ou 3 semanas enquanto tentam destruir a brilhante equipa do SCB.

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Cartazes (3)

Continuando onde o Man ficou é a minha vez de colocar aqui uns cartazes. Mas os meus são pura fantasia inspirados no lema do PSD "politica de verdade" (treta). Eis o cartazes que gostava de ver pelas ruas:

Pelo PSD

















Pelo PS


































Sócrates

Sócrates tem uma secretária brasileira que se apaixonou por ele,
mas ele não lhe ligava bóia, não "percebia" (se não gosta não estraga) o que se passava com ela....
Um dia, depois do expediente, ela entrou no gabinete dele, com um vestido provocante, bem decotado, fechou a porta atrás de si e caminhou languidamente até à secretária com ares de Monica Lewinski e propôs-lhe:
- Senhor primeiro-ministro, vamos fazer uma "sacanagem"?
Responde-lhe Sócrates sem qualquer hesitação:
- Vamos! Onde é que eu assino?

______________________________________________________________

Durante uma visita a um Hospital de loucos, Sócrates pergunta ao
director qual o critério para definir se um paciente está curado ou não.
-Bem, diz o director, nós enchemos uma banheira e oferecemos uma colher
de chá e uma chávena e pedimos para esvaziar a banheira.
Entendi, diz Sócrates, uma pessoa normal escolhe a chávena, que é maior.
Não, responde o director, uma pessoa normal tira a tampa do ralo...

______________________________________________________________

No Alentejo, um autocarro que transportava o governo chocou com uma árvore.
Pouco depois, chegou um jornalista e perguntou a um alentejano que estava por ali com uma pá na mão:
- O Senhor viu o que se passou?
- Vi, si senhóri. O autocarro co´governo espetou-se no chaparro.
- E onde estão os políticos?
- Enterrê-os todos!
- Mas... não estava nenhum vivo?
- O 1º Ministro dizia que sim, mas vossemecê sabe como ele é mentiroso...

____________________________________________________________

Diz o Primeiro-Ministro para um dos seus IMENSOS Secretários:
- Vou atirar esta nota de 100 Euros pela janela e fazer um português feliz.
- Sr. Engenheiro, não acha preferível atirar 2 de 50 e fazer 2 portugueses felizes? - diz o Secretário.
- Não faça isso, Sr. Primeiro-Ministro. Atire 20 notas de 5 e faça 20 portugueses felizes! - diz o Escriturário lá no seu canto.
A ouvir isto tudo, reage a senhora de limpeza:
- Porque é que o senhor Primeiro-Ministro não se atira da janela e faz dez milhões de portugueses felizes?

____________________________________________________________

O INGLÊS, O AMERICANO E O PORTUGUÊS...

- Diz o inglês:
Tivemos um fulano que foi atropelado e a única coisa intacta que tínhamos era o seu dedo mindinho. Pois, a nossa equipa conseguiu, pelo DNA refazer a mão, um novo braço, um novo corpo!
O paciente ficou tão capacitado que ao ter alta, tirou o emprego de cinco pessoas!

- Isso não é nada! - Diz o americano:
Nós tivemos o caso de um operário que caiu no reactor atómico de uma central nuclear!
A única coisa que sobrou dele foi um cabelo. Pois pelo DNA dele conseguimos reconstituir completamente todo o seu corpo. Depois de ter alta, esse paciente mostrou-se tão eficiente que cinquenta pessoas perderam o emprego!

O português pede a palavra:
O caso que vou contar é muito mais interessante:
Um dia em que eu estava a andar pelo hospital senti o cheiro dum peido.
Imediatamente, capturei-o num saco que levei até ao laboratório.
Chamei a minha equipe e começamos a trabalhar.
Primeiro, a partir do peido, fizemos um ânus, em seguida reconstituímos o intestino, e depois, pouco a pouco, todo o corpo e por fim o cérebro.
O projecto desta criatura foi chamado José Sócrates e está a ter um desempenho tão fantástico que milhares de pessoas vão perder o emprego!!!

______________________________________________________________

AVISO URGENTE!!!!!!

Se agora, por altura das eleições, receber um mail com o assunto:
"Manuela Ferreira Leite toda nua",
não o abra e APAGUE-O IMEDIATAMENTE.


Não é um vírus, nem malware, nem warm ou trojan horse.


É mesmo ela nua !!!!!!!!!!!

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Cartazes (2)

Já agora mandaram-me uma série de cartazes das autárquicas por mail e entre eles estava este. Não sei se é verdadeiro ou alguma montagem:






Mas é quase igual a este:





e já agora aqui ficam algumas pérolas que recebi por mail:







Cartazes

Estava aqui a pensar o que é que este cartaz do PNR me fazia lembrar:






E depois lembrei-me:





Autarquicas

Ainda tenho dúvidas em quem é que vou votar nas próximas eleições autárquicas.
Estou indeciso entre três candidatos mas a escolha é complicada.

ou voto no homem das chouriças:



ou no homem do peixe:


ou na senhora da arma:


terça-feira, 8 de setembro de 2009

Uma cambada de bandidos ao saque dos nossos impostos...

Mais uma golpada - Jorge Viegas Vasconcelos despediu-se da ERSE
É uma golpada com muita classe, e os golpistas somos nós....



Era uma vez um senhor chamado Jorge Viegas Vasconcelos, que era presidente de uma coisa chamada ERSE, ou seja, Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos, organismo que praticamente ninguém conhece e, dos que conhecem, poucos devem saber para o que serve.









Mas o que sabemos é que o senhor Vasconcelos pediu a demissão do seu cargo porque, segundo consta, queria que os aumentos da electricidade ainda fossem maiores. Ora, quando alguém se demite do seu emprego, fá-lo por sua conta e risco, não lhe sendo devidos, pela entidade empregador, quaisquer reparos, subsídios ou outros quaisquer benefícios.

Porém, com o senhor Vasconcelos não foi assim. Na verdade, ele vai para casa com 12 mil euros por mês - ou seja, 2.400 contos - durante o máximo de dois anos, até encontrar um novo emprego.


Aqui, quem me ouve ou lê pergunta, ligeiramente confuso ou perplexo: «Mas você não disse que o senhor Vasconcelos se despediu?».

E eu respondo: «Pois disse. Ele demitiu-se, isto é, despediu-se por vontade própria!».

E você volta a questionar-me: «Então, porque fica o homem a receber os tais 2.400contos por mês, durante dois anos? Qual é, neste país, o trabalhador que se despede e fica a receber seja o que for?».

Se fizermos esta pergunta ao ministério da Economia, ele responderá, como já respondeu, que «o regime aplicado aos membros do conselho de administração da ERSE foi aprovado pela própria ERSE». E que, «de acordo com artigo 28 dos Estatutos da ERSE, os membros do conselho de administração estão sujeitos ao estatuto do gestor público em tudo o que não resultar desses estatutos».

Ou seja: sempre que os estatutos da ERSE foram mais vantajosos para os seus gestores, o estatuto de gestor público não se aplica.

Dizendo ainda melhor: o senhor Vasconcelos (que era presidente da ERSE desde a sua fundação) e os seus amigos do conselho de administração, apesar de terem o estatuto de gestores públicos, criaram um esquema ainda mais vantajoso para si próprios, como seja, por exemplo, ficarem com um ordenado milionário quando resolverem demitir-se dos seus cargos. Com a bênção avalizadora, é claro, dos nossos excelsos governantes.

Trata-se, obviamente, de um escândalo, de uma imoralidade sem limites, de uma afronta a milhões de portugueses que sobrevivem com ordenados baixíssimos e subsídios de desemprego miseráveis. Trata-se, em suma, de um desenfreado, e abusivo desavergonhado abocanhar do erário público. Mas, voltemos à nossa história.

O senhor Vasconcelos recebia 18 mil euros mensais, mais subsídio de férias, subsídio de Natal e ajudas de custo. 18 mil euros seriam mais de 3.600 contos, ou seja, mais de 120 contos por dia, sem incluir os subsídios de férias e Natal e ajudas de custo.

Aqui, uma pergunta se impõe: Afinal, o que é - e para que serve - a ERSE? A missão da ERSE consiste em fazer cumprir as disposições legislativas para o sector energético.

E pergunta você, que não é burro: «Mas para fazer cumprir a lei não bastam os governos, os tribunais, a polícia, etc.?». Parece que não.

A coisa funciona assim: após receber uma reclamação, a ERSE intervém através da mediação e da tentativa de conciliação das partes envolvidas. Antes, o consumidor tem de reclamar junto do prestador de serviço.

Ou seja, a ERSE não serve para nada. Ou serve apenas para gastar somas astronómicas com os seus administradores. Aliás, antes da questão dos aumentos da electricidade, quem é que sabia que existia uma coisa chamada ERSE? Até quando o povo português, cumprindo o seu papel de pachorrento bovino, aguentará tão pesada canga? E tão descarado gozo? Politicas à parte estou em crer que perante esta e outras, só falta mesmo manifestarmos a nossa total indignação.

O plantel mais caro de Portugal

Sabem qual é neste momento, o plantel mais caro em Portugal?


BENFICA ???...

SPORTING ???...

PORTO ???...



Nãooooooooooooo!!!!


Estão absolutamente enganados!!!





É ESTE:





GASTA INCOMPARAVELMENTE MAIS,
SÓ FAZ DISPARATES,
E NINGUÉM OS QUER, NEM OFERECIDOS...

Vergonha nacional

Se tenho de faltar ao trabalho por estar doente exigem atestado medico ou outro comprovativo e descontam-me o(s) dia(s) e estes senhores podem simplesmente dizer que estão doentes e ninguém lhes pede comprovativos?
Mas que merda de exemplo e que estão a dar?


segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Quem diz a verdade não merece castigo:


Acho que és do PS

Um casal conheceu-se numa festa e foi parar a um motel.
No dia seguinte, entre olhares apaixonados, o homem disse:
- Pela maneira como tocavas o meu cabelo, deves ser cabeleireira.
A garota respondeu:
- Sou mesmo!
E sabes uma coisa?
Eu acho que tu és do PS!!!
O homem ficou de boca aberta, verdadeiramente abismado.
Quis saber como é que ela tinha adivinhado tão facilmente a sua filiação partidária.
A explicação veio rápida:
- É muito simples!
Quando estavas por baixo, gritavas muito...
E, quando estavas por cima, não sabias fazer nada...

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Um homem passa pela porta do plenário da Assembleia da República e
escuta uma gritaria que saía de dentro:

“Filho da P---, Ladrão, Salafrário, Assassino, Traficante, Mentiroso,
Pedófilo, Vagabundo, Sem Vergonha, Preguiçoso de Merda, Corrupto, Vendido,
Assaltante...”

Assustado o homem pergunta ao segurança parado na porta:

“O que esta acontecer aí dentro? Estão brigando ?”

“Não” responde o segurança, “para mim estão a fazer a chamada"

terça-feira, 14 de julho de 2009

LOST - versão tuga

Pedro e Maria estão num vôo para a Austrália para comemorar o seu 40º aniversário de casamento.
De repente, o comandante anuncia pelos alto-falantes:
- Senhoras e senhores, tenho más notícias. Os nossos motores estão a deixar de funcionar e vamos tentar aterrar de emergência. Por sorte, vejo uma ilha não catalogada nos mapas logo abaixo de nós, e, por isso, vamos tentar aterrar na praia.
Ele aterrou com êxito, mas avisou os passageiros:
- Isto aqui é o fim do mundo e é muito provável que nós não sejamos resgatados e tenhamos que viver nessa ilha para o resto das nossas vidas!
Nesse instante, Pedro pergunta à mulher:
- Maria, entregaste o nosso IRS antes de viajarmos?
- Ai, perdoa-me Pedro. Eu esqueci-me completamente!
Pedro, eufórico, agarra a mulher e afinfa-lhe o maior beijão de todos os 40 anos de casamento. A Maria não entende e pergunta:
- Pedro! Porque me beijaste desta maneira?
E ele responde:
- Estamos salvos, eles vão encontrar-nos!!!..........